BlogBlogs.Com.Br Musicas, Clips e Filmes: Os 10 Maiores Machões do Cinema
BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS


sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Os 10 Maiores Machões do Cinema

Os 10 Maiores Machões do Cinema,http://musicasclipsefilmes.blogspot.com,musicas clips e filmes,filmes,cinema


Confira uma lista dos grandes machos do cinema universal e aproveite a data para pedir licença para a patroa e ir ali na esquina tomar uma cervejinha para comemorar o dia.

Chuck Norris


Ícone absoluto dos filmes de porrada dos anos 80, o ator filho de uma irlandesa com um índio Cherokee alcoólatra sofria bulying dos colegas de escola por ser mestiço. Integrou-se á Força Aérea Norte Americana e serviou na Coreia, onde começou a estudar artes marciais. Seu primeiro contato com o cinema se deu após conhecer Bruce Lee. O ator convidou Chuck Norris para uma ponta no seu filme Way of The Dragon. Steve McQueen viu o filme e convenceu Norris a fazer aulas de atuação.


Seus clássicos incluem as séries de filmes Braddock e a telessérie Walker, Texas Ranger.


Aliás, em Walker ele enfrentou um urso...

Charles Bronson


Bronson era filho de um lituano que trabalhava em minas de carvão na Pensilvania, EUA. Esperava-se que ele seguiria o caminho do pai e do irmão, mas ele acabou enveredando para o cinema. Apesar de atuar desde os anos 50, foi nos anos 70 que ele se tornou mundialmente conhecido como o homem de poucas palavras e muita ação. Seu clássico absoluto foi Desejo de Matar que, com suas 4 continuações dominava absoluto as sessões de cinema nas noites de domingo na TV dos anos 80.


John Wayne


Wayne é lembrado até hoje como a imagem do homem rude e durão do oeste norteamericano.


Filho de um farmacêutico, seu verdadeiro nome era Marion Michael Morrison. Ele detestava seu nome e ao entrar para o cinema o mudou para John Wayne, que tinha mais a ver com um rapaz de 1,92 m de altura e campeão de futebol, pela University of Southern California.


Na sua lápide está escrito “Feo, fuerte y feroz”

Bruce Lee


o maior astro dos filmes de artes marciais de todos os tempos começou a estudar lutas aos 13 anos e foi tão a fundo no assunto que criou seu próprio estilo de caratê, o Jeet Kune Do. Forçava tanto o corpo que em uma lesão nas costas chegou a ficar paralítico por 6 meses.

Voltou a treinar como se nada tivesse acontecido.

Clint Eastwood


O hoje ator e diretor de cinema que chama a atenção da mídia e do público por sua sensibilidade no trato de temas humanos, pouco lembra o tira durão de filmes como Dirty Harry e o solitário caubói dos western spaghetti de Sergio Leone.


Ainda assim, em Gran Torino, seu último filme, ele encarna novamente o tipo duro e fechado, mas de bom coração.

Jece Valadão


Apesar de ter se convertido ao protestantismo pouco antes de morrer, tornando-se inclusive pastor, Jece nunca perdeu a pecha de cafajeste, fama a que ele voluntariamente se associou.


Em seus filmes, fez o que fazia melhor: era rude, brigão e casca-grossa.

José Mayer


Talvez um dos poucos casos em que a fama não é necessariamente a realidade, José Mayer é lembrado em listas de machos famosos por ter “aparentemente” se relacionado (cof, cof) com metade do elenco feminino da rede Globo.


Apesar da fama, Mayer é casado desde 1975 com a atriz Vera Farjado.


Um tipo inesquecível do ator é o comissário Alberto Matos da adaptação para a TV do romance Agosto, de Rubem Fonseca.



Steven Seagal


Seagal, antes de ator, é faixa preta de aikido, arte marcial presente na totalidade dos seus filmes em que o praticante usa a força do oponente para eliminá-lo.


O grande clássico do ator é Nico: Acima da Lei, presente em muitas sessões televisivas nas noites de sábado.

Nuno Leal Maia


Se não em todas, Nuno Leal Maia esteve presente na quase totalidade das pornochanchadas da década de 70.


Um lado de Nuno que poucos conhecem é o envolvimento com o futebol. O ator chegou a jogar no time juvenil do Santos Futebol Clube e foi treinador do Londrina Esporte Clube além do Botafogo da Paraíba, esse sim, time de macho.




Humphrey Bogart


Bogart é a quintessência do macho cinematográfico. Tão macho que no clássico Casablanca não se constrangeu em se mostrar fragilizado por causa de uma mulher. Tão macho que no mesmo filme teve a hombridade de deixar a mulher que amava ir embora com outro.


Na vida real, Bogart passou maus bocados nas mãos de Ava Gardner sem deixar a peteca cair. Conta-se que já recebeu inclusive uma garrafada na cabeça sem revidar.

Em mulher não se bate. Ponto.

Fonte:http://movie.uol.com.br//conteudo.php?id=1177

Visualizações deste post: counter

3 comentários:

Anônimo disse...

aew...soh pah constar..o bruce lee lutava KUNG-FU e não caratÊ!!!!!!

Anônimo disse...

Pô meu, texto de Chucky Norris com foto do Clint Eastwood não dá!!

Anônimo disse...

Faltou O mais fodão da atualidade, o Jason Staton.

Blog Widget by LinkWithin
Distribuye de Holywood Style en tu Ciudad

Please Contact

Distribuye de Holywood Style en tu Ciudad

buy and sell > health, beauty, fragrance, special needs

Estamos Abriendo Mercado en Latinoamerica y el Caribe para la Nueva Linea de Cosmeticos Americanos Holywood Style , si te interesa tenemos todo los tratamiento para el cabellos , piel , acne , arrugas , etc... enteresados por favor Contactar a mi email. Amir Ibrahim